Combate à desigualdade
voltar

Garantir que, ao final da vigência deste PNE, seja inferior a 10% a diferença entre as taxas de frequência à Educação Infantil das crianças de até 3 anos oriundas do quinto de renda familiar per capita mais elevado e as do quinto de renda familiar per capita mais baixo.

Neste indicador, acompanharemos a diferença nas taxas de atendimento de crianças de até 3 anos, entre as famílias 20% mais ricas e as famílias 20% mais pobres.

Como podemos observar, o objetivo de reduzir esta diferença para menos de 10 pontos percentuais ainda está distante, uma vez que atualmente ela é de 31,8 pontos percentuais.

Para o cálculo deste indicador, as estimativas levaram em consideração a idade em anos completos em 31 de março, ou idade escolar. Até 2004, a Pnad não era realizada na área rural da região Norte. Portanto, até 2003, os dados dessa região são referentes à área urbana unicamente. A partir de 2004, os valores apresentados se referem à área urbana e à área rural.



baixa nota técnica

Fonte: IBGE/Pnad

Elaboração: Todos Pela Educação

Indicadores auxiliares

Este indicador auxiliar tem como objetivo acrescentar informações sobre a estratégia. É possível acompanhar a taxa de atendimento das crianças de até 3 anos por quintil de renda.

Como podemos observar, ainda há grande diferenças nas taxas de atendimento de crianças até 3 anos se considerarmos os diferentes quintis: enquanto que entre as famílias mais ricas a taxa é de 53%, a taxa é de apenas 21,2% entre as famílias mais pobres.

Para o cálculo deste indicador, as estimativas levaram em consideração a idade em anos completos em 31 de março, ou idade escolar. Até 2004, a Pnad não era realizada na área rural da região Norte. Portanto, até 2003, os dados dessa região são referentes à área urbana unicamente. A partir de 2004, os valores apresentados se referem à área urbana e à área rural.

Fonte: IBGE/Pnad

Elaboração: Todos Pela Educação